Como é possível utilizar corretamente a tecnologia nos estudos?

Já parou para pensar em quantas ferramentas tecnológicas e aplicativos você usa com frequência? Só em seu celular, a lista deve ser imensa!

O surgimento crescente de inovações para facilitar nossas vidas, seja em casa, no trabalho ou em trânsito, também se faz presente na educação. Dia após dia, utilizar a tecnologia nos estudos se torna uma ótima forma de promover o conhecimento.

Não à toa, os métodos de aprendizagem têm evoluído, e é importante que professores, escolas e alunos saibam como se adaptar a eles. Com moderação e uso adequado, fica fácil para você, enquanto estudante, fixar os conceitos aprendidos em sala de aula, esclarecer dúvidas e ampliar a sua bagagem em alguma matéria de que goste mais.

Quer saber como utilizar a tecnologia a seu favor na rotina de estudos? Continue a leitura e confira!

Motivos para utilizar a tecnologia na educação

Intensificação do ensino

Quando o aprendizado de uma nova matéria se limita à aula, ainda que seu professor seja excelente e o material pedagógico da escola, completo, é inevitável que um ou outro tema passe sem ser notado.

Nesse caso, com auxílio da tecnologia nos estudos, se tiver dúvidas ou sentir o desejo de se aprofundar nos conceitos expostos, não precisa se frustrar com o número restrito de exercícios e explicações da apostila.

Em um site de busca confiável, com boas fontes — como enciclopédias virtuais, portais incentivadores de educação ou até mesmo o canal de um youtuber que tenha experiência com o tema —, dá para ir muito além!

Desenvolvimento da curiosidade

Aquela aula de biologia sobre genética despertou seu interesse? Começou a se questionar a respeito de diversos assuntos que antes nem imaginava existirem? Pois esse é um dos benefícios notáveis quando se usa a tecnologia nos estudos.

Com aplicativos para celular, jogos no computador ou em consoles, vídeos e até mesmo e-books, dá para formar um verdadeiro repertório de novos conhecimentos! A curiosidade, afinal, é o que move a inovação — especialmente para quem pensa em seguir profissões do futuro ou na área de tecnologia.

Agilidade em processos

Tanto para alunos quanto para a escola e seus professores, o apoio tecnológico deixa os processos muito mais rápidos.

Sabe aquela longa espera por suas notas? Um sistema que conecte a todos permite que as notas sejam lançadas e acompanhadas diariamente, sem que despertem tanta preocupação entre os envolvidos. Ufa!

Exemplos de tecnologias nos estudos

Percebeu como as ferramentas tecnológicas são muito benéficas para o cotidiano escolar? Então, conheça a seguir alguns exemplos de como elas podem ser bem aplicadas.

Lousas interativas

O quadro negro com giz tem sido substituído por novas propostas, e uma delas é a das lousas interativas. Também conhecidas como lousas digitais, elas basicamente reproduzem a tela de um computador e permitem que o professor interaja com os recursos disponíveis.

Assim, torna-se possível complementar as exposições à classe com fotos, vídeos e apresentações de slides que ajudem a fixar conceitos e evitem a dispersão da turma.

Aplicativos educativos e quiz

Precisa estudar para uma prova de história e acha que não aprendeu o suficiente? Que tal buscar em seu celular por aplicativos de perguntas e respostas, nos quais consiga exercitar o que foi apresentado em aula?

No aplicativo Perguntados, por exemplo, dá para focar em diversas áreas, como ciências, história, artes, geografia e entretenimento.

Gamificação

Você é jovem e, além de ter envolvimento com tecnologia, há grandes chances de que também goste de jogar, certo? A gamificação chega para tornar o aprendizado de todos mais lúdico, diferentemente de uma aula comum meramente expositiva.

Nela, o professor leva a dinâmica dos jogos à sala de aula, incentivando a participação e, de forma saudável, a competição entre o grupo. Assim, a motivação para aprender é muito maior.

Fica fácil perceber por que a tecnologia nos estudos tem sido cada vez mais incentivada, não? Os benefícios e recursos são muitos e, com cada um deles, todos os envolvidos no processo de aprendizado só têm a ganhar: de alunos a professores, da escola à família.

Gostou de nossas dicas e quer saber mais sobre temas como este? Então, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram.